Olha a água, olha a água!!!


Todos nós já ouvimos falar esta frase, não é mesmo? Ainda não havia visto por outro ângulo, mas agora isto soa como que profético, me lembro da voz irritante dos vendedores ambulantes principalmente na rodoviária de BH, sempre gritando em alto e bom tom: olha a água, olha a água! Eles estavam simplesmente buscando o sustento, o pão de cada dia vendendo água, mas bem que poderiam ser anunciadores do que estava por vir. Hoje vemos com espanto e muitos não dão importância ao que está acontecendo com a água em todo o mundo, de acordo com os dados da FAO (organização das nações unidas para alimentação e agricultura), em 2025 cerca de 1,8 bilhão de pessoas estarão vivendo em países ou regiões com escassez absoluta de água. Mas esta realidade já está afetando a todos nós, e olha que o Brasil é, segundo a ANA (agencia nacional das águas), considerado a maior potencia hídrica do planeta, então o que está acontecendo para estarmos passando por tantos problemas relacionados à falta d’água, o fato é que não estamos cuidando deste bem que é o mais precioso liquido para a vida. A atitude deve ser tomada de imediato por todos nós, colocando este assunto nas nossas pautas diárias educando as crianças e os jovens quanto à importância de se cuidar do meio ambiente, cuidando das nascentes, dos rios, do lixo que contamina, dos pesticidas usados na agricultura que envenenam os lençóis freáticos, dos desmatamentos sem medida que impedem que as árvores cumpram sua função de absorver e infiltrar a água que vem do céu e traz vida aos rios, porém não é isto que está acontecendo, as chuvas de verão vêm com toda força e sem barreiras naturais vão como que uma tropa de choque levando tudo o que vem pela frente, trazendo destruição e morte. Nos grandes centros principalmente encontramos pessoas e autoridades incompetentes que não sabem lidar de forma correta com esse problema, as pessoas são mal educadas poluem as cidades com todo tipo de lixo, desde uma simples embalagem de bala a uma imensa carcaça de geladeira entupindo bueiros e rios provocando inundações e estragos e quando a tempestade passa a nossa preciosa água também acaba. É preciso cuidar do inicio ao fim do ciclo da água para que todos se beneficiem dela, não só os mais ricos, mas todas as pessoas, pois água é vida e ninguém vive sem ela, vamos pensar nisso? “Olha a água, olha a água !!!”.

 Pegando um gancho nesse assunto, gostaria de ressaltar o que já vem acontecendo e acredito ser uma grande tendência daqui pra frente que é aproveitamento da água de chuva e o reuso de água potável. Já existem empresas que estão se especializando nesse tipo de serviço, com as novas tecnologias é possível fazer um bom aproveitamento deste recurso precioso, o mercado oferece vários equipamentos e técnicas capazes de suprir esta necessidade. Os engenheiros, arquitetos e a sociedade em geral devem ficar atentos na hora de conceberem seus novos projetos, pois um bom projeto é aquele que contempla várias soluções como, funcionalidade, custo, praticidade, estética e não menos importante o impacto socioambiental que isto causará e nesses tempos de crise hídrica este é um assunto que não deve passar despercebido, não vamos deixar que este bem precioso seja desperdiçado, vamos educar nossa sociedade para que cada vez mais  faça uso consciente de todos os recursos existentes.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *